fraseado.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Eflúvio telógeno: conheça esse tipo de queda de cabelos


A maioria das quedas de cabelos são temporárias e reversíveis. Um bom exame do fio do cabelo e do couro cabeludo, de preferência associado à tricoscopia, e algumas dosagens sanguíneas geralmente são suficientes para identificar a causa e direcionar o tratamento.

Eflúvio telógeno

Os cabelos são estruturas renováveis que possuem três fases de desenvolvimento: fase anágena, fase catágena e fase telógena. Em linguagem coloquial, podemos dizer que os cabelos nascem, crescem e morrem.

A fase anágena é a fase de crescimento dos cabelos. No couro cabeludo, ela tem duração de até oito anos. A fase catágena é uma fase de repouso, na qual o cabelo interrompe seu crescimento. Na fase telógena, o folículo piloso fica mais superficial e os fios se soltam com facilidade do couro cabeludo. São esses cabelos telógenos que caem normalmente quando lavamos ou escovamos os cabelos.

O tipo mais comum de queda de cabelos reversível é o eflúvio telógeno. Nele, ocorre um aumento da quantidade de fios telógenos no couro cabeludo. Pessoas saudáveis perdem, em média, 100 fios de cabelos por dia, mas esse número aumenta muito nos casos de eflúvio.

Existem diversas causas para o eflúvio telógeno:

  • Deficiências nutricionais, sendo que as deficiências de ferro, zinco e proteínas são as mais importantes nesses quadros. São frequentes em dietas restritivas e tratamentos para emagrecer (por exemplo: cirurgia bariátrica, balão intragástrico);
  • Mulheres com fluxo menstrual intenso com frequência têm deficiência de ferro;
  • Mudanças hormonais, como no período após o parto, durante o uso de anticoncepcionais e outros hormônios masculinos e femininos (inclusive utilizados para ganhar massa muscular);
  • Doenças crônicas mal controladas como diabetes, problemas de tireoide, lúpus e outras;
  • Após doenças agudas graves, internações ou cirurgias;
  • Inflamações no couro cabeludo como dermatite seborreica e psoríase.

Todos esses eventos representam um grande stress para o organismo e por isso podem afetar o ciclo capilar. O tratamento do eflúvio telógeno depende da identificação da causa. Pode ser necessário repor nutrientes e vitaminas, aplicar loções no couro cabeludo, além do tratamento de doenças crônicas de base, quando for o caso. A consulta com o médico dermatologista é essencial para identificar a causa da queda de cabelos e tratar o problema.



Dra. Juliana PiresDra. Juliana Pires
Médico Dermatologista
CRM-BA 21.882 | RQE 8828

Outros artigos deste colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


O post Eflúvio telógeno: conheça esse tipo de queda de cabelos apareceu primeiro em Dermatologia e Saude.

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Preencha o formulário abaixo e hospede seu
site grátis e sem complicações.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

BLOG Grátis

Seus textos, fotos e vídeos em um blog que é a sua cara.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.