nerdtatuado.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Surpresa! Achei um unicórnio


Muito se fala hoje sobre startups que atingem US$ 1 bilhão de valor de mercado e, por isso, passam a ser chamadas de unicórnios. Mas a proposta aqui é mostrar que o conceito de unicórnio vai muito além disso. Startups são empresas, principalmente de tecnologia, que se encontram em fase inicial de operação e que, por isso, têm de usar toda sua capacidade criativa para manterem os negócios, serem inovadoras e se destacarem no mercado.

E é nesse ambiente desafiador, nessa corrida por um lugar ao sol, que despontam os verdadeiros unicórnios. Muito mais do que aquela que atinge o bilhão, um unicórnio é a empresa que surpreende pela capacidade de resolver, de maneira simples, problemas complexos, geralmente utilizando-se de recursos da tecnologia. A referência ao personagem mitológico indica que, assim como ele, essas empresas são diferenciadas e raras.

Segundo o escritor Tim O’Reilly, editor do site What’s the Future? (O que é o Futuro?), em seu artigo “We’ve Got This Whole Unicorn Thing All Wrong!” (em uma tradução livre: “Entendemos mal o conceito de unicórnio!”) são três os aspectos que caracterizam um unicórnio: o serviço/produto que oferece parece inacreditável para o usuário em um primeiro momento; esse produto/serviço muda a forma como as coisas funcionam e oferece um impacto econômico positivo não apenas a seus criadores, mas também aos seus usuários e à sociedade como um todo.

O escritor e inventor britânico, Arthur C.Clarke afirmou que “qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinta de magia”. É isso! Um unicórnio nos deixa boquiabertos, surpresos, como ficamos diante de um truque de mágica bem executado.

Mas, então, diante desses critérios tão exigentes, quais são de fato os unicórnios presentes hoje no mercado? O Uber, Airbnb e Spotify são alguns exemplos. Criaram formas totalmente novas e surpreendentes de ter acesso a serviços de transporte, hospedagem e entretenimento. A revista Fortune faz uma lista dos unicórnios, atualizada com frequência e que traz vários outros exemplos.

Enfim, há sim diversos unicórnios por aí e há também potencial tecnológico para se criar outros, inclusive no Brasil. O que vale ter em mente é que não basta correr atrás das cifras numéricas; o valor de mercado é consequência da inovação, da capacidade de surpreender o cliente/usuário e de tornar a empresa perene. Só assim é possível atingir, e até superar, a marca do tão desejado bilhão.

Stelleo Tolda é COO (Chief Operating Officer) e co-fundador do Mercado Livre.

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.