gamesquad.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Primeiras Impressões da temporada: Primavera 2016 (P. 2)


Mais alguns animes para vocês.

Mais um review sem compromisso, tentarei me preparar melhor na próxima temporada que vai ser nas férias, ai deve ficar mais fácil =3. Dessa vez todos os animes aqui listados eu estou assistindo, nenhum foi dropado até agora =3

O ♦ equivale a "meio" "0,5" porque sim eu estava com preguiça de fazer uma imagem de meia estrela pra colocar... o ♦ é só apertar alt + 4 que aparece, facilita vidas qqq. De novo todos os resumos são baseadas (senão iguais) aos do post do Gyabbo.

Macross Delta
Avaliação: ★ ★ ★ ★ ♦
Macross Delta situa-se no ano de 2067, oito anos após os acontecimentos da última série de TV Macross Frontier. A história centra-se em Walküre, uma equipe de talentosas idols e no Esquadrão Delta, uma equipe de experientes pilotos Valkyrie, enquanto lutam contra a Síndrome de Var, um misterioso fenômeno que está consumindo a galáxia. Além disso, há também a misteriosa equipe Aerial Knights Valkyrie do Reino do Vento.
Eu já vou começar dizendo que eu nunca vi um Macross, então se eu falar besteira não me matem, vi por força maior (a.k.a. @nanyshidou do JBOX) que me culpou por eu ter visto o primeiro epi de Kuromukuro (que é de mecha também e ruim diga-se de passagem...) e não ter visto Macross, eu não ia ver porque achei que era necessário ver as outras franquias antes, mas pelo que parece o entendimento da história não é comprometido se assistir sem ter visto as outras séries, apenas que não vai perceber as referencias. 

As musicas são lindas, acho que quando se pensa em Macross acaba pensando em uma boa trilha sonora e em Mechas. Dessa vez é um grupo Idol que luta para parar uma epidemia de um virus que faz os humanos ficarem extremamente agressivos, a musica os acalma e faz a infestação acabar, as naves estão lá para proteger essas Idols com vozes especiais. Hayate, o protagonista (Cabelo azul da imagem), é um rapaz que não sabe o que fazer da vida e vive mudando de emprego e cidade em busca de sua vocação, até que ele encontra com Freyja (Garota com coração pisca-pisca) que seu sonho é se tornar uma das Walkure desde de pequena e estava indo para uma audição. Apenas que obviamente a cidade é infestada pela tal virose e dá treta... e as Walküre acabam aparecendo por lá para salvar a galera. E tanto Freyja como Hayate ao passar por essa experiencia definem seus futuros destinos. 

Bom, o Hayate é o moleque rebelde... eu sinceramente não gostei da atitude dele no terceiro episódio, mas acho que ele vai melhorar, como Macross sempre tem um triangulo amoroso, a outra garota da foto é a Mirage, uma das pilotas do Esquadrão Delta que será a nova instrutora do Hayate, (boa sorte para ela), quem será que ganha?

A animação de tem CG, o que era esperado, sinceramente ela me incomoda um pouco mas é a vida, mas achei que foi uma boa direção. O anime é produzido pelo estúdio Satelight.

Sousei no Onmyouji
Avaliação: ★ ★ ★ ♦
Rokuro é de uma família de exorcistas, mas ele preferiria ser qualquer coisa que não fosse um exorcista! No entanto, ele é forçado a reconhecer seu incrível potencial com a chegada de Benio que agita seu espírito competitivo. Mas a rivalidade se transforma quando ganham o prestigioso título de “Twin Star Exorcists” – dois lutadores supremos fadados a se casarem e dar nascimento ao maior guerreiro espiritual!
E lá vamos nós. anime do Estúdio Pierrot baseado em um mangá do mesmo nome, no caso um mensal (Jump SQ), e que eu leio... para começar, raposinha é FILLER... desnecessário... deve ser para vender boneco (mesmo sendo Fukuyama Jun dublando Ç_Ç) ela não existe no mangá... Amiga de infância no mangá não aparece tanto assim, provavelmente é por causa dos peitos... As lutas estão de acordo, mas muita coisa foi trocada de ordem, ou teve cenas acrescentadas e o plot está arrastado por algum motivo, eu sei que são episódios iniciais e provavelmente a direção deseja mostra o quanto o Rokuro é um bom exorcista mesmo que ele fuja tanto disso, ele tem seus motivos, e a Benio está aqui pra fazer ele trazer isso a tona, muita coisa para descobrir ainda. Mas, vão ser só 12 episódios... Sinceramente não sei o que a direção quer com isso mas se eles forem usar o Climax que eu estou pensando que vão, era melhor não enrolar tanto no começo com histórias fechadas e começar logo o arco. É clichê? É... mesmo assim ele me diverte, as lutas são legais, todos os personagens são carismáticos, além de ter um humor simples mas funcional. Espero que a adaptação normalize mais para frente porque não é uma narrativa difícil de adaptar para anime... e acho que seria mais interessante.

Super Lovers
Avaliação: ★ ★ ★
Em um verão de férias onde foi encontrar sua mãe biológica no Canadá, Haru conhece Ren. Se dar bem com Ren não é fácil visto que Haru tem como meta “civiliza-lo” até o fim do verão. O relacionamento dos dois melhora lentamente enquanto Haru passa mais tempo com Ren, mas conseguirão eles se tornar uma “família”?!
Yaoi da temporada, avisando que esse anime tem age gap (A.k.a. pedofilia, considerando que o Ren começa com 8 anos e o Haru com 16, atualmente na história Ren tem 16 e o Haru 26), e tem incesto ("Ah mas eles não são irmãos de sangue"... MAS SÃO IRMÃOS). Eu to falando isso, mas eu leio o mangá... vai entender né? Adaptação do Estudio Deen, muito bem adaptado, segue fielmente o mangá. Super lover também é um mangá mensal, mas ele é bastante slice of life, por isso não faço ideia onde eles pretende parar, além disso o anime vai ter apenas 10 episódios. Para os preocupados, muito provavelmente não vai ter nenhum conteúdo sexual considerando a quantidade de episódio, realmente vai ser o só o dia-a-dia da família Kaidou e como o Ren vai se adaptar a viver no japão. A animação está ok, eu sempre acho que a animação de animes yaois são meio travadas mas pode ser coisa da minha cabeça mesmo, ou pode ser orçamento.

Bungou Stray Dogs
Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★
Nakajima Atsushi foi expulso de seu orfanato e agora não tem nenhum lugar para ir ou alimentos para comer. Enquanto à beira da inanição, resgata um homem que tentava se suicidar no rio. Esse homem era Dazai Osamu. Ele e seu parceiro Kunikida são membros de uma agência de detetives muito especial. Eles têm poderes sobrenaturais e lida com casos que são muito perigosas para a polícia.
Anime do estúdio Bones, baseado em mangá do mesmo nome. Uma coisa muito interessante é o fato de todos os protagonistas terem nomes de escritores famosos, e seus poderes são o titulo de seus livros mais vendidos/famosos, não sei o porque disso também, apenas para titulo de curiosidade (Diga-se de passagem o verdadeiro Osamu Dazai, morreu se suicidando, por afogamento... Malditas referencias). Os personagens são muito carismáticos! Adorei todos eles, além de que a animação brinca com expressões bastante exageradas (principalmente do Atsushi) que ajuda no alivio cômico, até o momento os episódios são todos oneshots, não sei se será assim até o fim ou vamos ter alguns arcos. Eu acho que é uma série com bastante futuro, infelizmente não li o mangá para saber como vai ser o andamento do plot, mas até agora todos os episódio me satisfizeram. 

Netoge no Yome wa Onnanoko ja Nai to Omotta?
Avaliação: ★ ★ ★
Hideki Nishimura é um jovem que se declarou para uma pessoa na internet que ele achou que fosse uma garota, mas na verdade, era um homem. Ele mantém essa história vergonhosa em segredo e promete a si mesmo nunca mais confiar em nenhuma garota da internet de novo. No entanto, um dia, uma garota se declara para ele, dessa vez uma de verdade, linda, que se chama Ako Tamaki. Ako não sabe a diferença entre o virtual e o real, é uma garota solitária e com dificuldades para se comunicar. Hideki e seus amigos de guilda decidem trabalhar em conjunto para “corrigir” esse problema.
Mais um anime que fala de video game e vindo de light novel? SIIIIMMMMM!! Mas dessa vez estamos com um grupo de jovens, coincidentemente todos da mesma escola, e olha só, o protagonista é o único homem, o resto são todas garotas! Que coisa não? que plot legal, e ainda eles fazem um CLUBE na escola.. genial. Hahahaha, deixando clichês a parte, até que é bastante divertido, logico que esse anime sensualiza um pouco, mas até o momento ele está bem mais focado no dia-a-dia dos personagens e as situações engraçadas que eles se encontram, além de tentarem fazer a Ako acordar pra vida e conseguir separar o mundo dos jogos com o mundo real, e no meio disso tem um romancezinho bem tranquilo e várias piadas. Achei que é um bom anime pra passar o tempo. Animação nas mãos do Project no. 9.

Sakamoto desu ga?
Avaliação: ★ ★ ★ ♦
O novato Sakamoto não é apenas legal, ele é o mais legal de todos! Ele atrai a atenção de todos, as garotas o amam e os garotos o respeitam. Não importa quais os truques que usem contra ele, Sakamoto sempre consegue os enganar com facilidade. Não importa as dificuldades que Sakamoto enfrente, ele passa por sua vida colegial com muita confiança e estilo!
Nonsense da temporada. Tá, nem tanto, mas é uma comédia que exalta o protagonista, Sakamoto-kun que é o fodão em tudo que ele faz além de arrasar corações por ai sendo que ele não tem a aparência "padrão" para isso (mentira, ele é bishounen), uma maneira divertida de se brincar com os clichês do gênero. É um anime de enfoque em comédia, mas ele é movido por pequenas histórias fechadas que ocorrem ao redor do Sakamoto onde ele acaba envolvido de alguma forma, as piadas apenas aparecem durante o desenvolvimento. Baseado em mangá, já concluído com 4 volumes, provável o Studio Deem adapte todos eles. A animação está legal e ajuda nas composição das piadas, pelo menos achei divertido de ver. 

Shounen Maid
Avaliação: ★ ★ ★ 
Chihiro Komiya é um energético estudante de ensino fundamental que vivia com sua mãe, muito bom em atividades domésticas. Após a inesperada morte de sua mãe, um homem chamado Madoka Taketori, que diz ser seu tio, aparece e convida Chihiro para morar com ele. Em um primeiro momento o menino recusa, mas quando ele se depara com quão suja é a mansão de Madoka, ele decide começar a limpá-la. Madoka então oferece uma outra proposta: que Chihiro passe a morar com ele, mas em troca deverá cuidar da casa. O menino aceita o acordo, mas do nada se vê usando um uniforme de empregada.
Mais um anime baseado em mangá, e antes que vocês pensem que é algo semelhante ao caso de Super Lovers, é um mangá Shoujo com Slice of Life tah? (vai ter muito slice of life nesse post...) Animação na mão do estúdio 8bit, bem simples, até porque a história é simples, é só o dia a dia do Chihiro, limpando a casa e tentando se dar bem com o tio dele, e as vezes outras pessoas vem perturbar. É bem fofinho e acolhedor *-*... sei lá se você gosta de crianças e não se importar do fato dele ser um menor de idade trabalhando (Ele limpa porque gosta tah gente?) é aquele anime para passar o tempo sem compromisso.

Koutetsujou no Kabaneri
Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★
Enquanto o mundo se encontra no meio da revolução industrial, uma infecção transforma humanos em monstros que só podem ser derrotados quando seus corações protegido por camadas de ferro são atravessados. Transmitido por mordida, o virus cria criaturas agressivas e zumbis, conhecidas como Kabane. Na ilha Hinomoto, pessoas construíram estações para se proteger destas criaturas. Pessoas usam as estações e transportam mercadorias por elas, com a ajuda de locomotivas à vapor, chamada Hayajiro. Ikoma, um garoto que vive na estação de Aragane e ajudou a montar Hayajiro, cria sua própria arma, chamada Tsuranukizutsu, para derrotar as criaturas. Um dia, ele espera a oportunidade de usar sua arma e conhece uma garota chamada Mumei.
Outro anime que assisti por "pressão" porque eu sou dessas que não gosta de zumbis... mas meus amigos estavam falando tão bem que fiquei curiosa. Assisti e adorei =D. Muita gente está comparando a Shingeki no Kyoji, por ser uma situação de fim da humanidade, seres humanos que viram outras coisas (spoiler), fortalezas de proteção, essas coisas. Porém, a forma de luta é completamente diferente, da mesma forma como os personagens não são parecidos e isso por si só já faz a história ter uma andamento diferente. Eu gostei muito da animação feita pelo Wit Studio, as cenas de luta são bem coreografadas, o character design é bem bonito, e a coloração escolhida (um clima mais escuro com a aparência de antigo) ficou bem legal. Eu to esperando bastante desse anime, foi uma surpresa e tanto para mim. 

Kiznaiver
Avaliação: ★ ★ ★ ★ ♦
A cidade japonesa fictícia chamada Sugomori foi construída em uma área aterrada. Um dia, Sonosaki diz a seu colega de classe Katsuhira:“Você foi escolhido para ser um Kiznaiver”. O Sistema Kizuna, permite Katsuhira compartilhar suas feridas, conecta ele aos colegas de classe cuja vida e personalidade mais diferem das dele. Esse sistema busca implementar a paz mundial conectando as pessoas através da dor. Todos que são conectados ao sistema são chamados de Kiznaivers. Quando um Kiznaiver é ferido, o sistema divide e transmite a dor para os outros Kiznaivers.
Animação original do estúdio Trigger com Mari Okada como criadora e roteirista desse universo (Em Maiyoga ela apenas compos a série, ela não escreve o roteiro), então desde o começo eu já esperava um drama. O anime ainda indo muito bem na minha opinião, os personagens são realmente bastante diferentes entre si, cada um representa um novo "Pecado capital", que de acordo com a Sonozaki seriam os pecados revisados para o mundo atual. Eu achei a narrativa bem interessante, mas não sei exatamente como ela quer evoluir os personagens, mesmo que seja obvio que todos vão acabar passando por várias dificuldades juntos, e talvez conhecendo melhor a si mesmos e aos outros, mesmo assim, não faço ideia de como isso vai terminar, então estou aqui na expectativa.

Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge
Avaliação: ★ ★ ★ ♦
Tanaka, estudante do ensino médio, é um preguiçoso e não quer fazer absolutamente nada. Ele adora dormir durante as aulas e prefere não se mover para poupar energia. Um dia ele conhece seu colega de classe Oota, que é seu completo oposto. Oota é responsável, atencioso e um líder na classe. Ele fica amigo de Tanaka e tenta fazê-lo se mover um pouco.
Da mesma forma que o Tanaka vive dormindo, eu quase durmo junto com ele no primeiro episódio... Atualmente as coisas ficaram um pouco mais dinâmicas, com o Tanaka interagindo mais com outras pessoas, então ficou bem mais divertido de acompanhar. Também baseado em mangá, e animação por conta da Silver Link, Tanaka-kun é um slice of life sobre a vida de um preguiçoso que vive poupando energia. A animação é ok, o character design é simples mas bonito, a iluminação é bem clara com tons mais serenos, provavelmente para refletir a "tranquilidade" do protagonista. Não recomendo se você não gostar de Slice of life, tem algumas piadas agora que novos personagens apareceram, mas não tem lá muita coisa para se ver.

Flying Witch
Avaliação: ★ ★ ★ ★ 
Aomori, Japão, terra abençoada pela natureza, ganha uma nova moradora, Makoto Kowata, 15, uma bruxa profissional. Ela sai de Yokohama com Chito, seu gato preto, para viver em na casa de seus parentes em Aomori. É ali que ela vai começar seu treinamento como bruxa. Apesar dos poderes de Makoto ainda se limitarem a apenas voar pelos céus, ela e seus primos de segundo grau Kei e Chinatsu sem aproveitam ao máximo cada dia.
Outro anime "levinho" da temporada e esse é beeeeeeeem slice of life, nada realmente relevante acontece, então, repetindo, se você não gosta desse tipo de gênero, não veja porque só vai ser chato para você, episódio 2 foi metade do epi só eles fritando verdura, e no 3 foi metade eles capinando o terreno... to falando muito sério. Mas é bem fofinho *-*. Eu gosto muito de animes assim, porque me lembra meu amorzinho Natsume Yuujinchou (e vai ter segunda temporada, vocês não sabem quanto eu gritei e chorei quando soube) e esse em comum a ele, tem uma certa misteriosidade porque a protagonista é uma bruxa! Então coisas fora do comum acabam acontecendo e de forma bastante natural, e temos a Chinatsu que não está acostumada com tudo isso para se surpreender junto conosco, já que o Kei já está contaminado e acha tudo normal, e o fato dele achar normal é uma piada por si só. (Falando em Kei, o dublador dele, Sugawara Shinsuke que está fazendo sua estreia em Flying Witch, tem as voz mais calma que já vi... eu não consigo nem imaginei o Kei agitado...). Eu recomendo a vocês que gostam MUITO de slice of life, porque no mesmo caso de Tanaka, além das partes do "mundos dos bruxos", é contando a vida comum de uma adolescente no interior. Animação por conta da J.C. Staff, e fazendo um ótimo trabalho.

Hai Furi
Avaliação: ★ ★ ★ 
Japão, 100 anos após subducções tectônicas fazerem com que vários países fossem submersos. Para salvar os países que restaram, as novas cidades costeiras se lançaram para o mar, e as rotas marítimas entre elas expandiram. Come essa expansão, surgiu a necessidade de pessoal para proteger os mares. Mulheres começaram a procurar emprego nessa nova indústria e, logo, as “Sereias Azuis”, as que mantém os mares seguros, começaram a ser admiradas por todos. As amigas de infância Akeno Misaki e Moeka China sonham em serem Sereias Azuis e, juntas a outras que compartilham de seu sonho, elas entraram para a Escola Secundária da Marinha de Yokosuka.
Parece promissor, eu digo isso porque to enrolando e só vi o primeiro episódio, mas parece ser um pouco mais do que só mais um anime com garotas fofinhas (Isso não quer dizer que eles não vão ser fofinhas... fanservice ta ai pra isso), o que já ganha pontos comigo. Eu não faço ideia de como plot vai se desenvolver nisso depois dos acontecimentos do primeiro episódio, mas parece que todas ali são bem capazes de cuidar do navio, sei lá, queria umas boas cenas com um pouco de seriedade pelo menos, não só chá com biscoitos que é o que to acostumada a ver, vou esperar para ver. Animação original pela Production IMS, que mesmo com os navios CG parece está fazendo um bom trabalho, só não sei se a qualidade vai decair com os episódios.

*-*-*
Essa temporada teve muitas decepções para mim, mas muitos animes divertidos =3, não sei se estou ficando exigente demais, mas me surpreende o fato de eu estar só vendo 17 animes... em geral eu começo com uns 25 e eles vão caindo com o tempo... mas espero terminar os 17 pelo menos.

Escrevi escutando: OST de Glee... é... do nada deu vontade xD

Curta o Elfen Lied Brasil no Facebook

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Preencha o formulário abaixo e hospede seu
site grátis e sem complicações.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

BLOG Grátis

Seus textos, fotos e vídeos em um blog que é a sua cara.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.