recantododragao.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Tenho diabetes e peguei micose na unha


Qualquer infecção no pé de quem sofre com diabetes é perigosa. O tratamento é demorado, o paciente geralmente toma outros remédios (para pressão, colesterol) que podem reagir com o antifúngico (que trata a micose). A erisipela e a gangrena são fantasmas que assombram a vida do diabético, então tome muito cuidado na hora de lixar e cortar as unhas, mesmo as que estão sadias, e não se precipite querendo tirar todos os fungos de uma vez. Se você se machucar fazendo isso, alguma bactéria pode entrar pela ferida e provocar erisipela.

Diabetes

O diabetes também causa prejuízo na circulação. Isso faz com que um machucado não cicatrize direito e pode até provocar a morte da pele naquele local (gangrena). Por isso você deve procurar tratamento e seguir direitinho as orientações do médico. Não perca seu tempo com remédios caseiros, nem gaste seu dinheiro comprando tudo o que os outros indicam. Muitas vezes o que foi bom para outra pessoa não vai adiantar para você.

Devo retirar essa massa que fica embaixo da unha?

Sim, essa massa é o lixo que o fungo joga fora depois de se alimentar da sua unha. Ela só atrapalha porque dificulta a chegada do remédio. Mas isso deve ser feito aos poucos, com orientação do médico. Se você puder ir a uma boa podóloga, melhor ainda, pois ela foi treinada para isso. Você pode lixar um pouco, todos os dias, depois do banho, quando a unha está mais mole. Lembre-se de jogar fora a lixa depois que usar na unha afetada.

Quais são as opções de tratamento?

  • Comprimidos antifúngicos: dependendo do tipo de fungo, o médico irá indicar o medicamento apropriado. Existem opções também quanto à maneira de tomar, podendo ser diariamente ou uma semana ao mês, por exemplo. Muitos não podem ser tomados junto com remédios para o colesterol.
  • Esmaltes antifúngicos: têm uma concentração bem maior de medicação do que os cremes e loções e duram até uma semana na unha, o que facilita o tratamento. Homens têm mais resistência a esse tipo de medicamento.
  • Abrasão da unha: pode ser mecânica (com lixa ou aparelho abrasor) ou química, com aplicação de cremes à base de ureia e ácido salicílico em altas doses. É uma boa opção quando a unha está muito grossa.
  • Laser de NDYag 1064: destrói o fungo pela alta temperatura e seca a água de dentro da unha.
  • Associação de tratamentos: alternativa interessante e muito utilizada. Quando a unha está toda tomada e muito grossa, fica difícil para o remédio poder penetrar na unha. Neste caso, podemos associar os comprimidos com a abrasão. Quando se opta pelo esmalte, a unha deve ser sempre lixada antes da aplicação. O laser também pode ser associado ao tratamento oral.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tratamento é longo, pode demorar até mais de um ano. Enquanto a unha doente não for totalmente substituída pela unha sadia, não se deve interrompê-lo: o fungo certamente voltará a crescer. Por isso siga corretamente as orientações do seu dermatologista e não interrompa por conta própria, pois muitas vezes a unha está aparentemente curada mas ainda há fungos em atividade.

Uma simples micose de unha pode provocar um estrago muito grande se não for bem tratada. Sua saúde é o seu maior bem!



Dra. Maria Teresa Pereira SoaresDra. Maria Teresa Pereira Soares
Médica Dermatologista
CRM-MG 35902 | RQE 11669

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


O post Tenho diabetes e peguei micose na unha apareceu primeiro em Dermatologia e Saude.

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Preencha o formulário abaixo e hospede seu
site grátis e sem complicações.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

BLOG Grátis

Seus textos, fotos e vídeos em um blog que é a sua cara.

* www.LOGIN.xpg.com.br

Concordo com os Termo de serviços do XPG

Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.